Bem vindos, esta nova ferramenta disponibilizará aos visitantes notícias em tempo real da Segurança Pública do nosso estado, em especial da PM RN.

quarta-feira, 8 de maio de 2013

“Não adianta dizer que o RN está menos violento se números mostram o contrário”

A governadora Rosalba Ciarlini parece ter feito uma autocrítica: “Não adianta dizer que o Rio Grande do Norte está menos violento se os números mostram o contrário”. Isso porque a declaração – feita durante o discurso na tarde desta terça-feira (7), na Escola do Governo, pouco depois da assinatura do termo de adesão ao programa federal “Crack, é possível vencer” e da carta de intenções comprometendo o Estado a ingressar o “Brasil Mais Seguro” – parece ir de encontro ao que a própria governadora fez em março, ao quando reuniu a imprensa para apresentar números sobre a violência urbana e dizer que na gestão dela, foram reduzidos os índices de criminalidade urbana em praticamente todos os pontos do Estado, sobretudo, na região Oeste do Estado.

A declaração de que o Rio Grande do Norte estava combatendo a violência urbana e conseguindo diminuir o crescimento da criminalidade pode ser acessado por meio da apresentação, feita pelo próprio Governo, aqui. Segundo Rosalba Ciarlini, inclusive, o relatório mostrava que o Estado já estava bastante evoluído no mapeamento da violência urbana, algo fundamental para a adesão ao Brasil Mais Seguro, que na época já se falava que o RN iria participar.

Quanto ao relatório, o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, no evento desta terça-feira, tratou de colocá-lo longe de estar completo. “Temos o início de um diagnóstico, o início de uma análise”, afirmou ele, acrescentando que a previsão é que até o final deste mês o trabalho possa ser concluído e, finalmente, o programa Brasil Mais Seguro possa ser assinado.

Fonte: Portal no Ar

Nenhum comentário:

Postar um comentário