Bem vindos, esta nova ferramenta disponibilizará aos visitantes notícias em tempo real da Segurança Pública do nosso estado, em especial da PM RN.

sábado, 13 de outubro de 2012

Criança está desaparecida após afogamento na Redinha

O afogamento de uma criança de 9 anos na manhã de hoje (13), por volta das 10h, em frente ao antigo portal das dunas, na redinha nova, próximo ao Aquário, se soma às reclamações dos moradores e aos registros do Corpo de Bombeiro.

A criança de nove anos desapareceu no mar devido às correntezas da maré. O Samu e o Corpo de Bombeiros estão no local fazendo as buscas pelo corpo da criança, contando com a ajuda de uma embarcação dos Bombeiros e um helicóptero.

Segundo o soldado Canuto do Corpo de Bombeiros, muitas pessoas são vítimas dessas correntes de água formada pelo mar. "As pessoas confiam que por estar raso, nada vai acontecer, mas aí as correntezas puxam as pessoas, causando afogamentos", disse.

Um morador das proximidades também disse queos afogamentos são constantes no local. "Não existe sinalização nem placas de alerta", reclamou. Ainda sobre a frequência dos afogamentos, o morador, que preferiu não se identificar, disse que "até terminar o veraneio, tem acidente todo o fim de semana".

As duas vítima do afogamentos ocorridos na manhã de ontem, foram enterradas no cemitério Bom Pastor II, na manhã deste sábado, dia 13: Venice Jesus de Souza Dantas, 53 anos e Luan Barbosa dos Santos, 6 anos. Duas familias estavam passando o Dia da Criança numa casa alugada na Redinha Nova, quando a maré cheia carregou para dentro do mar um grupo de seis pessoas, das quais cinco eram crianças. Os corpos foram velados na Escola Municipal Irmã Arcângelo, em Igapó.

Fonte:  Tribuna do Norte

Nenhum comentário:

Postar um comentário